Neem, Árvore da Vida

Na Índia é considerada a Árvore Sagrada, por sua folhagem sempre verde, pela resistência de sua madeira, por seus benefícios profiláticos e terapêuticos.

A "Farmácia da Aldeia": é assim que a árvore Neem é reconhecida e reverenciada pelo povo hindu.

Inseticidade natural, repelente de insetos, fugicida, antiparasitária, bactericida e anti-sséptica, há mais de 3 mil anos essas propriedades do Neem são usadas pelos indianos, na higiene pessoal, na profilaxia e terapêutica humana, animal e vegetal.

Introduzida no Ceará, no início dos anos 90, no Sítio Neem, que se dedicou ao seu cultivo e agora produz uma linha de produtos, explorando as qualidade da árvore sagrada dos indianos.

Nome Científico

Azadirachta indica A. Juss, que significa "árvore generosa da Índia". Além do nome científico é conhecido como Neem, na Austrália e nos Estados Unidos, e como Babo Yaro, na Nigéria. No Brasil é também chamado de Nim.

Classificação

Pertence a família das meliáceas, a mesma do mogno, do cedro, da andiroba e do cinamomo.


Árvore com 3 anos


Detalhe do tronco


Copa de árvores

Distribuição

É originária da Índia e da Birmânia. Tem características tropicais, ocorrendo em toda a América Central, Sul do Pacífico, Mianmar, Paquistão, Sri Lanka, Indonésia, Papua, Nova Guiné e Malásia. Acredita-se que no Brasil teve sua primeira introdução oficial em 1984, por intermédio de um experimento em Brasília.

Outras Características

Solo: não exige os de alta fertilidade, desenvolvendo-se bem até em terrenos áridos. Não suporta, porém terra encharcada e ácida.

Temperatura: entre 8°C a 40°C. Quanto mais quente, mais rápido é o crescimento.

Frutos: aparecem em três anos. Possuem 2 centímetros de comprimento, são esverdeados e doces.

Sementes: é um pouco menor que o fruto e lembra uma semente de azeitona.

Folhas: são pequenas e tem aproximadamente 8 centímetros de comprimento.

Flores: são brancas, delicadas e aromáticas.

Altura: pode atingir 11 metros em oito anos.

  

Política de Privacidade     Na Mídia